Madri

Madrid

madrid

Madrid ou Madri (apenas em português brasileiro)[nota 1] (em espanhol: Madrid AFI: [mɑˈðrið], localmente: [maˈðɾiθ, -ˈðɾi]) é a capital e a maior cidade da Espanha. Tem uma população de aproximadamente 3,3 milhões de pessoas,[2] com uma área metropolitana com cerca de 6,5 milhões de habitantes. É a terceira maior cidade da União Europeia (UE), depois de Londres e Berlim, e sua área metropolitana é a terceira maior da UE, depois de Londres e Paris.[3] [4] [5] [6] A área urbana da capital espanhola abrange um total de 604,3 de quilômetros quadrados.[7]

A cidade está localizada sobre o rio Manzanares, no centro do país e da Comunidade de Madrid (que compreende a cidade de Madrid, a sua área urbana e seus subúrbios); esta comunidade faz fronteira com as comunidades autônomas de Castela e Leão e de Castela-Mancha. Como capital nacional, sede do governo e residência do monarca espanhol, Madrid é também o centro político, econômico e cultural da Espanha.[8] A atual prefeita é Manuela Carmena, do Ahora Madrid (Podemos). A cidade abriga a sede da Organização Mundial do Turismo (OMT) — pertencente à Organização das Nações Unidas (ONU), da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e do Public Interest Oversight Board (PIOB). Madrid também abriga importantes instituições internacionais reguladoras da língua espanhola, como a Real Academia Espanhola (RAE) e o Instituto Cervantes.

A metrópole espanhola tem o terceiro maior produto interno bruto (PIB)[9] entre as cidades da União Europeia e sua influência em política, educação, entretenimento, meio ambiente, mídia, moda, ciência, cultura e artes contribui para o seu estatuto como um dos principais centros urbanos do mundo.[10] [11] Devido à sua produção econômica, ao alto padrão de vida e ao tamanho do seu mercado consumidor, Madrid é considerada o maior centro financeiro do Sul da Europa[12] [13] e da Península Ibérica, além de sediar a grande maioria das principais empresas espanholas, como Telefónica, Repsol e Iberia. Madrid é a décima cidade mais habitável do mundo segundo a classificação de 2010 da revista Monocle,[14] [15] além de ter sido considerada uma das 12 cidades mais verdes da Europa no mesmo ano.[16]

Apesar de possuir uma infraestrutura moderna, a cidade preservou muitos de seus bairros e ruas históricas. Entre seus marcos estão o Palácio Real de Madrid; o Teatro Real; o Parque do Retiro, fundado em 1631; o edifício da Biblioteca Nacional da Espanha, fundada em 1712; vários museus nacionais[17] e o chamado “Triângulo de Ouro da Arte”, localizado ao longo do Paseo del Prado e composto por três importantes museus de arte: o Museu do Prado, o Museu Rainha Sofia e o Museu Thyssen-Bornemisza.[18] A Praça de Cibeles também tornou-se um dos principais símbolos da cidade

303total visits,1visits today