Creta e Rodes

Creta

Creta (em grego: Κρήτη; transl.: Kríti) é a maior e mais populosa ilha da Grécia. Situada no sul do mar Egeu, é a quinta maior ilha do Mediterrâneo e a segunda maior do Mediterrâneo Oriental. Administrativamente é uma região, com capital em Heraclião, que é também a maior cidade da ilha. Tem 8 336 km² e em 2011 tinha 623 065 habitantes (densidade: 74,7 hab./km²).

A ilha constitui uma parte significativa da economia e do património cultural da Grécia, ao mesmo tempo que conserva características culturais próprias, nomeadamente na música e poesia. Foi em Creta que floresceu a Civilização Minoica, entre os primeiros séculos do 3º milénio a.C. e meados do 2º milénio a.C., que é considerada a mais antiga civilização de que há registo na Europa.[1] Segundo a mitologia grega, foi ali que cresceu Zeus e que viveu o Minotauro.

 

Rodes

Rodes (em grego: Ρόδος, transl. Ródos) é a maior das ilhas do Dodecaneso, situadas no Egeu e que integram o território administrado pela Grécia. Famosa devido ao Colosso de Rodes, estátua considerada uma das sete maravilhas do mundo antigo. A cidade medieval de Rodes, capital da ilha, é Patrimônio Histórico da Humanidade. A ilha tem cerca de 1398 km2 e uma população de aproximadamente 82 mil habitantes.

Mitologia grega
Os primeiros habitantes da ilha se chamavam telquines, e eram filhos de Tálassa. Reia deixou o bebê Posêidon aos cuidados dos telchines e de Cafeira, filha de Oceano.

Quando Posêidon cresceu, ele se apaixonou por Hália, irmã dos telquines, e eles tiveram seis filhos e uma filha, chamada Rode, que deu nome à ilha

633total visits,1visits today