Mykonos e Santorini

 Mykonos

Na mitologia grega Mykonos e filho de Apolo, deus da luz e do sol. Com uma area de 86km(quadrados) e altitude maxima de 364m, Mykonos faz parte do arquipelago das Ciclades-um grupo de ilhas do mar Egeu e e composta principalmente de rocha de granito. Esta ilha foi descoberta em 1950 por um grupo de jovens, filhos de familias ricas que procuravam diversos locais para se divertir mas deve sua fama, glamour e charme a Jaqueline Onassis que inaugurou o turismo do jet-set internacional que por ali se instalou. E provavelmente a ilha mais conhecida nao so da Grecia, mas em todo o mundo. Seu pitoresco aspecto vai muito alem da arquitetura tipica grega. As sinuosas paisagens estreitas das movimentadas vielas oferecem, nesse labirinto de imagens perfeitas, maravilhosos contrastes entre si. Suas casinhas brancas tao repletas de flores, a grande variedade de praias exoticas a serem exploradas, os ja milhares de vezes fotografados Moinhos de Vento, cartao postal da ilha, o pelicano Petros,mascote da ilha o qual podemos ver circulando pela cidade, a pequena Veneza, (conjunto de casas construidas literalmente sobre o mar) tudo tao divino que so se pode acreditar ter sido feito por deuses. Mykonos e o perfeito cenario para qualquer um . Ha opcoes que variam desde aqueles que querem muito barulho e diversao ate os que preferem um local reservado apenas para admirar a exorbitante natureza e o sossego. Mykonos e uma heranca deixada por civilizacoes passadas que foi, e estara sempre na moda.

 

Santorini

santorini

Santorini (Σαντορίνη), chamada oficialmente Tira (em grego: Θήρα) e Tera na Antiguidade, é uma ilha no sul do mar Egeu, a cerca de 200 quilômetros a sudeste da Grécia continental. É a maior ilha de um pequeno arquipélago circular que leva o mesmo nome e é o resto de uma caldeira vulcânica. O conjunto de ilhas forma o membro mais ao sul do grupo de ilhas Cíclades, com uma área de aproximadamente 73 quilômetros quadrados e uma população estimada em 2011 em 15 550 habitantes. O município de Santorini compreende as ilhas habitadas de Santorini e Terásia e as ilhas desabitadas de Nova Caméni, Velha Caméni, Aspronisi e Cristiana. O arquipélago tem uma área total de 90,623 km² e é parte da unidade periférica grega de Tira.

O arquipélago de Santorini é essencialmente o que restou depois de uma gigantesca erupção vulcânica que destruiu os primeiros assentamentos humanos que existiam na antiga ilha e que criou a caldeira geológica atual. A enorme lagoa central retangular, que mede cerca de 12 por 7 km, é cercada por 300 metros de altura de íngremes penhascos, em três dos seus lados. A ilha principal é inclinada em direção ao mar Egeu. No quarto lado, uma lagoa é separada do mar por uma outra ilha menor chamada Terásia. A lagoa está ligada ao mar em dois lugares, a noroeste e sudoeste. A profundidade de 400 metros da cratera torna possível que todos os maiores navios de cruzeiro ancorem em qualquer lugar da baía protegida, há também uma marina recém-construído em Vlichada, na costa sudoeste. O principal porto da ilha é Atínias. A capital, Fira, localiza-se no topo de um penhasco, de frente para a lagoa da caldeira. As rochas vulcânicas presentes de erupções anteriores apresentam olivina e têm uma pequena presença de hornblenda.

Santorini é o centro vulcânico mais ativo no arco vulcânico do sul do mar Egeu, embora o que permaneça até hoje seja principalmente uma caldeira cheia de água. O arco vulcânico tem aproximadamente 500 km de comprimento e de 20 a 40 quilômetros de largura. A região registrou sua primeira atividade vulcânica cerca de 3-4 milhões de anos atrás, apesar de vulcanismo em Tera ter começado cerca de 2 milhões de anos atrás.

A ilha é o local de uma das maiores erupções vulcânicas já registradas na história humana: a erupção minoica (às vezes chamada de erupção de Tera), ocorreu cerca de 3600 anos atrás, no auge da civilização minoica. A erupção deixou uma grande cratera rodeada por depósitos de cinzas vulcânicas a centenas de metros de profundidade e pode ter levado, indiretamente, ao colapso da civilização minoica na ilha de Creta, 110 km ao sul, através da formação de um gigantesco tsunami. Outra teoria popular diz que a erupção de Tera é a fonte da lenda de Atlântida

 

 

39total visits,1visits today